Arquivo da tag: 2030

Konad – Estampas para sair do tédio

Iaí, coloridas!

Não sei se vocês também têm esse problema, mas eu costumo enjoar muito rápido do esmalte que estiver usando. Isso acontece com praticamente qualquer cor, não importa quão linda ela seja. Acho que é a agonia de ter uma fila imensa esperando para andar.

O pior é que nem sempre eu tenho tempo de fazer outra manicure quando bate o “enjoamento”. Ficar sem esmalte eu também não consigo (sei que é errado não dar um tempo de pausa para as unhas, ok? Não quero nimguém seguindo o mau exemplo da tia May). Oh, e agora, quem poderá me defender?

Nessas horas eu gosto de apelar para algum tipo de nail art, para dar uma mudada na cara do esmalte sem ter todo o trabalho de pintar as unhas novamente. Já falei um pouco disso no post das Penélopes, mas algumas das técnicas que eu usei lá têm que ser pensadas desde o começo da manicure (como o anelar diferente e a meia-lua).

Para mim, a combinação esmalte liso + falta de tempo, muitas vezes acaba sendo = a… Konadicure estampada. É rapidinho de fazer, não requer prática tampouco (muita) habilidade, e dá uma mudada geral no visu das unhas.

Vou mostrar 3 exemplos que usei. Digam se não é uma boa saída para quebrar o tédio:

Continuar lendo

48 Comentários

Arquivado em Konad

Esmaltes para trabalhar

Olá, flores coloridas! Como estão?

Como eu comentei no post anterior, tô de trampo novo, e infelizmente não posso mais “chegar chegando” com as unhas creuzadas coloridas e carimbadas do jeito que eu gostaria porque o ambiente é bem formal (conseguem me imaginar de tailleur e saltão? Nem eu. Estranho pra caramba quando vejo no espelho =P).

Já que a grande maioria dos meus bebecos precisou tirar férias forçadas, o jeito foi revirar a coleção em busca de opções que possam ir pro trabalho sem causar aquele impacto – que eu adoro, diga-se de passagem. Mas nem pelo fato de o esmalte ser na dele que precisa ser chato, não é mesmo? Hoje vou mostrar duas cores que fizeram bonito no ambiente mais sério e deixaram a mamãe orgulhosa. Post bem democrático: um deles é gringo, mas o outro a gente encontra em qualquer esquina. =)

O primeiro é o Porcini, da Essie – aliás, meu 1º Essie! Rosinha puxado pro pele, com reflexos dourados. Apesar de ser discreto, é um escândalo de lindo! Esse é mais um dos que eu comprei por foto, achando que a cor era diferente, mas amei o tom real dele! É bem fácil de passar, mas precisou de 3 camadas para cobrir bem a unha. A durabilidade foi normal. Boa, mas também não foi nenhum absurdo (durou uns 4 dias, se bem me lembro). Se você também não pode usar cores chamativas, mas nem por isso abre mão de sentir que está com um esmalte especial, eu super recomendo o Porcini – afinal, quem não se sente arrazando com Essie nas mãos? =)

Continuar lendo

28 Comentários

Arquivado em China Glaze, Impala, Meus esmaltes, Nail Art